Mitos e Verdades sobre Boarding Schools

O que vem a sua cabeça quando você ouve “internato”? Muitos filmes passam a mensagem de que internatos são como prisões ou para onde vão os adolescentes que não se comportam. Mas será que são mesmo? Existem muitas fake news sobre Boarding Schools por aí na internet, em qual você já acreditou? Quais são fatos verídicos? Descubra a seguir.



Boarding Schools são para ricos


Que Boarding Schools tem um preço elevado, você provavelmente já sabe, mas isso não significa que são apenas para ricos. Portanto isso é MENTIRA.


Quando você se inscrever para uma escola interna, você é avaliado de maneira holística, ou seja, as suas notas em testes padronizados, seu nível de inglês, sua história e quem você é, através de redações. A Boarding School irá avaliar as suas condições financeiras e se sua família tem condições de pagar. A grande maioria das escolas oferecem bolsas de estudo, então não ter dinheiro definitivamente não é um problema. Você pode receber uma bolsa por mérito ou por necessidade, e em alguns casos ambas. Para saber a diferença entre elas, confira esse post aqui.


É apenas para jovens com problemas em casa ou na escola


Eu já vi ao menos uma vez em filmes, pais mandarem o filho para uma escola interna por mal comportamento, como castigo. Na verdade, existem os Internatos Terapêuticos, que são lugares com suporte e aconselhamento específico para jovens que precisam de ajuda e que enfrentam dificuldade de lidar com problemas comportamentais ou emocionais, como abuso de substâncias ou dificuldade de aprendizagem. Por outro lado, a maioria das Boarding Schools não são assim. Portanto, isso é MENTIRA. Além de que a maioria dos sites que divulgam Boarding Schools não incluem as Therapeutic Schools.


A grande maioria dos estudantes de internatos são adolescentes que estão lá por livre e espontânea vontade, por buscar um ambiente acadêmico mais desafiador, conhecer diferentes pessoas, ter mais oportunidades extracurriculares, praticar novos esportes, e principalmente sair da zona de conforto.

É super importante entender que Internatos não são punições, e sim um lugar onde os jovens aprendem muitas lições que o acompanharão por sua vida toda.


Os internatos terapêuticos e Internatos preparatórios para a faculdade tem missões e atendem públicos diferentes.



É muito rígido e eu não terei tempo livre


Bom, Boarding Schools são muito exigentes academicamente, mas isso não significa que você não terá tempo livre. A verdade é que você terá muitos compromissos, não necessariamente chatos. Durante a semana, você precisará frequentar as aulas, fazer tarefas, trabalhos e extracurriculares (que em algumas boardings podem ser obrigatórias, como praticar esportes). E no final de semana você tem menos compromissos fixos, o que pode te dar liberdade para viajar (sempre com um responsável maior de idade), explorar a cidade, fazer compras, ou se preferir fazer qualquer outra coisa que quiser.


Embora a rotina da maioria dos dias seja bastante estruturada, normalmente há uma ou duas horas livres todas as noites. Provavelmente terá hora de dormir e de acordar, uma rotina que fará parte de qualquer internato. Algumas escolas possuem aulas no sábado, mas existem muitas oportunidades e eventos nos dormitórios para os alunos serem apenas adolescentes e relaxar.



São difíceis de entrar


Bom, se você está se preparando ou conhece um pouco sobre admissões de Boarding Schools, você provavelmente já sabe que são bastante competitivas e isso é VERDADE.


Boarding Schools são consideradas escolas muito exigentes, principalmente porque elas preparam muito bem seus estudantes para a Universidade, além de oferecerem um ambiente de preparo emocional onde os jovens podem amadurecer mais cedo e se tornarem independentes mais rapidamente.



É difícil manter contato com a família


MENTIRA: Não importa muito se sua família mora no país vizinho ou do outro lado do mundo, existe acesso a internet nos dormitórios e em alguns os fins de semana podem ser abertos a visitas dos pais, enquanto alguns outros apenas nas férias. Mas de qualquer forma o estudante é livre para sempre falar com a família, seja por chamada de vídeo ou por mensagem, desde que não atrapalhe os compromissos é claro.


Cada escola tem programas diferentes para incluir a família e a interação com os alunos. Embora, algumas têm políticas sobre não usar o celular durante a semana, ou o acesso a mídias sociais. Mas nenhuma limita você de falar com quem te ama.



Não existe muita diversidade


Na verdade Boarding Schools são muito bem vistos pelos estudantes e suas famílias, por esse motivo atraem muitos estudantes internacionais. Ou seja, é MENTIRA. Muitas pessoas podem pensar que por serem altamente seletivos, escolas internas são apenas para quem tem muito dinheiro. Mas na verdade as próprias escolas buscam por mais diversidade, pois eles sabem que a vivência cultural e com pessoas de diferentes backgrounds é muito importante.


Assim, é possível conhecer alunos do mundo todo em um só lugar, proporcionando experiências únicas que não se encontrariam em outro tipo de escolas. Além de que existem diversos perfis socioeconômicos e diversidades étnicas raciais.


Escolas Internas são como Hogwarts


Muitas pessoas podem associar Boardings Schools ao que elas veem nos filmes, como Hogwarts, Rebelde, e outros filmes ou séries onde a história se passa em colégios internos. Muitas escolas possuem o mesmo sistema de casas como em Hogwarts, seja por afinidade ou algum tipo de ‘time’ esportivo. A parte que muda um pouco, é que o chapéu seletor costuma ser o diretor mesmo.

Você provavelmente viverá muitas aventuras nos anos que estudará em um colégio interno.

A parte da magia e bruxos é falsa, mas existem outros tipos de magias em boarding schools.



E aí, quais foram os fatos que mais te impressionou? Você estava errado sobre alguma coisa?

Como você viu, existem muitos mitos sobre colégios internos. Não, eles (infelizmente) não são como Hogwarts, mas também não são prisões. São lugares onde o senso de comunidade criado é muito forte, e os alunos aprendem desde cedo como serem mais independentes.

A sua visão sobre Boardings Schools mudou de alguma maneira? Nos conte nos comentários!


154 visualizações2 comentários