Mitos e verdades sobre application

Se você decidiu que iria aplicar para universidades no exterior e começou a pesquisar na internet, pode ser que você tenha encontrado diversas informações que muitas vezes podem ser falsas, por isso, reunimos no post de hoje alguns mitos e verdades que escutamos bastante após entrar nesse mundo de application.



"É preciso contratar uma agência para estudar no exterior?"


Não! Você pode realizar todo o processo sozinho sem pagar uma agência, ou até mesmo participar de programas como o Prep Change onde você encontrará um suporte em todos os processos da sua aplicação, além disso, nós oferecemos bolsas de estudo por necessidade financeira. Busque seguir páginas sobre o assunto, lá eles sempre dão dicas para você conseguir trilhar seu próprio caminho.


"Tenho que participar de Summer Programs para ser aceito?"


Isso é algo muito comum que escutamos, mas acredite, você não precisa desse requisito para passar em uma boarding school ou em uma universidade fora do país! Esses programas podem sim te dar uma experiência muito legal, como estudar fora do país, adquirir conhecimentos, conhecer culturas diferentes… Mas não significa que se você não tiver nenhum no seu currículo você não irá passar, e nem que se você tiver já é garantido que você irá passar. Lembre-se sempre que os admission officers irão avaliar o conjunto dos elementos de todo o seu application, diante disso, busque mostrar quem você é e os seus interesses, mesmo que eles não envolvam summer programs!


"Preciso ser rico para estudar no exterior?"


Outra mentira, todos nós podemos conseguir estudar nas nossas escolas dos sonhos, isso porque muitas delas oferecem bolsas que cobrem todos os custos que você terá para estudar lá, como moradia, alimentação e acomodação. Lógico que não é um processo fácil, mas se é seu sonho, basta que você se dedique e dê o seu melhor, pois sempre vale tentar.


"Preciso ser um gênio para passar em uma universidade ou escola fora?"


Muitas pessoas associam gênio com uma pessoa que só tira nota 10 na escola, lê 10 livros por mês e nunca cometeu um erro sequer na vida acadêmica. Mas adivinhem, isso é extremamente relativo! Você pode ser um gênio dos desenhos e ter uma habilidade incrível para a arte, ou você pode ser um gênio da música e tocar belissimamente bem algum instrumento ou você pode até mesmo ser um gênio das câmeras e tirar fotos incríveis, existem muitas formas de ser gênio, se você faz o que gosta e faz bem. Cada universidade ou escola busca um tipo de gênio, por isso todos nós podemos ser um.


"Tenho que ter milhares de atividades extracurriculares para ser aceito?"


Aqui sempre gostamos de lembrar do PLI das extracurriculares, ou seja, elas devem demonstrar paixão, liderança e impacto, diante disso, não é necessário que você tenha um monte de atividades que não se conectam e não demonstram nada sobre você, basta que elas tenham esse três requisitos, você pode ter só 6 extracurriculares, mas se elas tiverem PLI pode ter certeza que serão o suficiente.


"Devo ter extracurriculares somente na área que pretendo cursar?"


Ter uma conexão entre o que você faz é essencial, mas não fique preso a selecionar somente atividades na área que você pretende seguir, é legal demonstrar que você experimentou outras atividades antes de decidir o que mais gostava, e também que você tem outros interesses. Nos Estado Unidos é muito comum que os alunos cursem dois cursos ao mesmo tempo, por isso, nem sempre se prender somente a um assunto é o ideal.


Se você já ouviu alguma dessas frases comente aqui embaixo! E caso você já tenha escutado outras que não escrevemos aqui, conta pra gente também! Esperamos que tenhamos te ajudado a entender que todos nós somos capazes de realizar nossos sonhos, basta que nos dediquemos.

12 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo