• Millena Xavier

Humans‌ ‌of‌ ‌Prep‌ ‌Change:‌ ‌Conheça‌ Lídia Neves

Lídia Neves Zakareviciaus, 15 anos, nasceu em Ribeirão Preto, SP. Sempre estudou em escola pública, e seus principais hobbies são ler, assistir animes, bordar, fotografar e tocar ukulele. Atualmente é Prep Leader e coordena o time de mídias sociais do Prep Change.



Quando você percebeu que queria estudar no exterior?


Bom, acho que como a maioria das pessoas eu sempre via nos filmes aquelas Boarding Schools da Inglaterra ou aquelas universidades famosas nos EUA, mas eu nunca pensei que poderia fazer parte delas, sabe?

Quando cresci um pouco meu sonho era fazer faculdade fora, porque eu simplesmente não conseguia (e ainda não consigo) me ver fazendo vestibular e faculdade no Brasil, então eu descobri a possibilidade de estudar fora durante o Ensino Médio quando estava no 8° ano, através da UWC, e aí percebi que esse sonho de estudar fora era mais cedo do que eu pensava, e comecei a me preparar.



Nessa jornada de application, quando conheceu o Prep Change?


Eu conheci o Prep Change através do vídeo “NÃO PASSEI NA UWC, e agora?” da Louise. Eu comecei a seguir ela e eu literalmente ia em TODAS as lives dela e comentava, fazia perguntas e salvava, lia e relia todos os posts. Então ela falou do Prep Change e eu comecei a seguir eles também, mais ou menos na mesma época em que o primeiro Prep Experience estava sendo divulgado.



Como foi a experiência no Prep Experience?


Foi incrível. Eu queria muito estudar fora, mas não fazia ideia de como, e no Prep Experience eles falavam de todas as etapas passo-a-passo. Eu lembro de anotar umas 10 perguntas que eu pensava ao longo do dia e eles respondiam todas no evento, principalmente a Louise nos comentários. Eu chegava sempre na hora, anotava as palavras-chaves e eu respondia todas as perguntas que eu soubesse de outras pessoas no chat.

No final do evento duas ou quatro mentorias com a Louise e o João seriam sorteadas, mas apesar de eu ter todas as palavras-chaves de todos os dias do evento eu não ganhei. Eu não fiquei muito triste porque eu já tinha aprendido muito e porque eu era super tímida para falar com qualquer um dos dois, mas uns 10 minutos antes do último dia do evento acabar, a Louise pediu meu email nos comentários.

Eu passei e no mesmo dia recebi um email onde a Louise dizia que ela e o João adoraram a minha participação e que queria me oferecer uma mentoria com ela. Eu tenho esse email salvo até hoje.



E como você foi parar no Prep Intern?


Alguns dias depois de fazer a mentoria a Louise me perguntou se eu tinha alguma experiência em Design, e como eu já fazia alguns posts para a Loja da minha mãe e para uma página que tinha, eu disse que sim. Ela então me falou que iria criar o programa de Prep Interns e se eu queria participar.

Eu fiz uma entrevista (péssima, por sinal) e passei como Coordenadora de Mídias, junto com a Emília e o Théo e Murilo como coordenadores de Blog.



E como foi a sua primeira semana sendo Prep Intern?


Eu lembro muito bem de que eu esperava continuar com a identidade visual atual do Prep Change e a Louise de cara disse que queria algo novo. Eu era bem mais ou menos em Design, então me bateu um desespero e eu e a Emília ficamos algum tempo tentando pensar em algo novo.

Já na minha primeira semana eu dei várias ideias de templates e posts e acredito que meu primeiro post foi o de “Conheça nossos mentores”.

Eu dava meu máximo, então eu sempre respondia o melhor possível as dms, sempre chegava com posts a mais do que tinha sido pedido e sempre dava ideias novas que surgissem, acho que foi isso que me fez estar no Prep Change até hoje.



Quais eram suas expectativas com o Prep Change em relação à comunidade?


Para ser sincera, era um pouco intimidante. Eu tinha acabado de começar minhas extracurriculares e eu trabalhava com pessoas incríveis com aprovações incríveis, sabe? Quanto aos mentees e mentores, eu era muito tímida e não tive muito contato com eles. Mas as pessoas que conheci e a comunidade do Prep Change sempre foram muito acolhedoras.

Acho que nessa segunda vez sendo Prep Intern eu tive a chance de ver como a comunidade Prep Change é incrível, e tento fazer com que os novos Prep Interns descubram isso também.



E sobre o Prep Intern, quais foram os momentos mais marcantes que você viveu nessa comunidade linda?


Muitos momentos. Alguns são mais pessoais, como quando a Louise me mandou o primeiro email, quando elogiou meu trabalho, etc. E tem outros mais em grupo, principalmente os recentes, como a primeira call com os novos Prep Interns, uma noite de jogos que tivemos e me diverti muito e os momentos em que a gente pôde compartilhar nossos sentimentos e ressentimentos, e conquistas que todos comemoravam juntos.



Você planeja aplicar para Boarding Schools esse ano?


Sim. E apesar de fazer posts sobre Boarding Schools e o processo de aplicação todos os dias, isso não torna menos assustador. Eu ainda estou no começo de toda essa jornada e às vezes parece demais e um pouco impossível, mas eu lembro de todas as pessoas que passaram pelo Prep Change e isso me motiva.

Como em tudo, vou dar o meu melhor e sei que se algo acontecer eu tenho essa comunidade incrível para contar.



Já estamos chegando ao fim :( Dê um recado pra quem ainda tem dúvidas se quer mesmo terminar o ensino médio no exterior.


Através dos posts e stories do Prep Change, eu tenho cada vez mais tentado transmitir a mensagem de que sim, o processo é longo, mas vale a pena. Nele você vai se autoconhecer, conhecer pessoas e escolas incríveis e um mundo novo de oportunidades que você nem conhecia vai se abrir. Tem uma comunidade inteira querendo te ajudar através de mentorias, lives ou posts no Blog de 5 minutos de leitura. Se estudar fora é algo que você quer, acredite em você, acompanhe o Prep Change, faça perguntas para nós e para si mesmo, e dê seu melhor.


Essa foi a nossa entrevista ;) Quer mais? Curta esse post e comente abaixo qual a próxima pessoa que você deseja conhecer melhor nessa série Humans Of Prep Change.


18 visualizações0 comentário